Cinema / TV

Antevisão a ‘Desencantamento’

Depois de Os Simpsons e Futurama, o seu criador Matt Groening explora agora um mundo baseado em fantasia medieval com uma nova série animada. Desencantamento segue as aventuras de um trio improvável: uma princesa, um demónio e um pequeno elfo. A princesa Tiabeanie (Beanie para os amigos) tem um espírito rebelde, fugindo constantemente do castelo para beber e jogar a dinheiro. Para piorar a situação, Luci é um demónio que dá maus conselhos e que fica magicamente ligado a Beanie quando esta abre um misterioso presente. Junta-se-lhes Elfo, um elfo inocente que decide abandonar a sua terra mágica onde trabalhava numa linha de produção de doces, para explorar um mundo com menos cantorias e felicidade.

O estilo humorístico é o mesmo a que Groening já nos habituou em quase trinta anos de Simpsons, mantendo-se a um nível familiar, com algum comentário social à mistura. O mundo medieval é caricaturado e utiliza anacronismo histórico no humor, como a existência de uma força policial que utiliza burros com sirenes como veículos.

Ao contrário do caráter desagregado de episódios fechados e independentes de um produto semanal como os Simpsons, Desencantamento promete progressão cumulativa na história, mudando o mundo e os personagens, através do mistério relacionado com o aparecimento do demónio Luci.

A animação dá também um salto de qualidade. Apesar de manter o estilo simples no que toca aos personagens, os fundos e cenários estão cheios de detalhes. Várias transições com panoramas da cidade foram alvo de trabalho especial criando um cativante efeito de três dimensões.

O comediante Eric Andre (Luci), Abbi Jacobson (Bean) e Nat Faxon (Elfo) juntam-se a um elenco de vozes familiares de Futurama como Tress MacNeille, David Herman, Maurice LaMarche, Billy West e John DiMaggio. Este último, que deu a voz ao famoso robô Bender, destaca-se agora a dar vida ao Rei Zog, tornando-o uma das personagens mais divertidas de acompanhar.

Para os fãs do trabalho de Matt Groening será com certeza uma série a manter debaixo de olho. Quem estiver indeciso, terá que refletir se quer descobrir mais sobre um mundo onde algo como as “Cruzadas do Limão” fazem parte da história.

@SopraCartuchos
Estudante de jornalismo, amante de histórias em todas as formas: escritas, no pequeno e grande ecrã, ou exploradas com um comando de videojogos na mão.
Scroll to top