Destaques

Coreia do Sul dominou BlizzCon 2016

Como já tínhamos noticiado aqui, ontem foi o último dia da BlizzCon 2016, onde aconteceram as finais dos torneios dos eSports da Blizzard: mundiais de Heroes of the Storm, World of Warcraft, Hearthstone, Starcraft e – o mais esperado – Overwatch, sensação da produtora no momento.

Entre os cinco jogos, foram distribuídos cerca de 2 milhões de dólares (cerca de 1 795 009,87 Euros), dos quais três prémios foram para equipas sul coreanas, algo normal quando consideramos que é um dos países com a melhor Internet de banda larga do mundo e uma grande tradição de eSports onde os e-desportistas são aclamados tal como são os nossos jogadores de futebol. O reverso da medalha é que se estima que 8% da população entre os 9-39 anos de idade tem graves problemas de vício na Internet, tanto que o governo decretou um “recolher obrigatório” onde se proibia menores de 16 anos de jogar entre a meia noite e as seis da manhã.

Tal como já vem vindo a acontecer no League of Legends, é agora no Overwatch que o domínio sul coreano se tem vindo a evidenciar. Na final da Overwatch World Cup, onde os jogadores estavam agrupados por selecções de países, a Coreia do Sul venceu a Rússia de forma tranquila por 4-0.

Overwatch - Equipa da Coreia do Sul

Overwatch – Equipa da Coreia do Sul

Em Hearthstone foi a vez do russo Pavel Beltukov, com apenas 18 anos, conquistar o titulo mundial e ganhar 250 mil dólares (224 376,234 Euros).

No Starcraft II foi “ByuN” Hyun Woo, da Coreia do Sul, quem arrecadou o troféu no e o prémio de 200 mil dólares (179 500,987 Euros).

Nas arenas de World of Warcraft, assistimos a uma renhida final entre os europeus da Splyce e os americanos da Method ficando o resultado em 4-3 para a Splyce, ganhando 250 mil dólares (224 376,234 Euros).

WoW Arena - Splyce

WoW Arena – Splyce

Finalmente, para fechar com chave de ouro, a coreana Ballistix venceu o título em Heroes of the Storm. Juntamente com o troféu, levou também o maior prémio entre os torneios da Blizzard: 300 mil dólares (269 251,481 Euros).

Desde sempre ligado às Tecnologias de Informação é professor e consultor de segurança informática. Nos tempos livres, e quando a familia e os gatos o deixam, gosta de dar uns tirinhos com amigos, encarnar uma ou outra personagem virtual, brincar com impressoras 3D e fazer restauros de motos antigas.

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Scroll to top