Destaques

Máquina de Jogos | Parte 1 – Cenários

Bem-vindos à Máquina de Jogos!

A Máquina de Jogos é a nova rubrica mensal de um dos membros da equipa 8.5Bits e visa ensinar os passos básicos na criação dos videojogos, através de textos, imagens, vídeos, entre outros suportes multimédia ficarás a saber como criar o teu próprio jogo.

Então, para todos os interessados em desenvolver jogos e para os mais curiosos que gostam de saber como são criados os jogos, a equipa 8.5Bits deixa aqui o primeiro de muitos artigos que irão enriquecer a tua cultura sobre desenvolvimento de videojogos.

Sem nenhuma ordem em particular, começamos por falar dos cenários, algumas vez pensas-te em como serão os cenários dos jogos criados?

À partida irás precisar de um software de modelação 3D, caso o jogo seja obviamente para explorar em três dimensões (x,y,z), por outro lado, caso o jogo seja em duas dimensões irás também certamente precisar de um editor de imagem e posteriormente programar e animar as imagens/personagens.

Vamos então “mostrar” um programa de modelação 3D, o Sketchup.

Importa saber que o Sketchup, conhecido inicialmente como Google Sketchup pertence atualmente à Trimble Navigation, sendo disponibilizada uma versão grátis aqui  (é preciso criar uma conta para depois se fazer o download do programa) e que chega para o objetivo deste nosso artigo.

Este programa tem uma interface amigável e é muito fácil de aprender, desenvolvido inicialmente para projetos arquitetónicos é utilizado hoje em dia em inúmeras industrias, cinema, animação, videojogos, entre outros.

O seguinte vídeo mostra a utilização das principais ferramentas do programa:

  • Ferramenta de seleção (Para selecionar linhas ou objetos );
  • Borracha (Para apagar);
  • Lápis (Para desenhar linhas de forma livre);
  • Arco;
  • Retângulo;
  • Pull/Push (Ferramenta muito importante para dar volume às formas);
  • Offset;
  • Mover;
  • Rodar;
  • Escala (Para aumentar ou diminuir o tamanho do objeto);
  • Régua;
  • Anotações (por exemplo par quem precisa de ter uma indicação de qual o tamanho de uma parede);
  • Balde (Utilizado para aplicar cores e texturas nos objetos);
  • Orbit (para rodar a vista/câmara);
  • Mão (Para posicionar horizontalmente a vista/câmara);
  • Lupa (Para fazer zoom in ou zoom out);

De referir que existe uma grande comunidade a suportar o desenvolvimento e a disponibilizar material sobre e para este software, de destacar o seu próprio Warehouse de modelos 3D, totalmente gratuitos  AQUI.

Se já estás a pensar, mas como é que se colocam estes modelos no jogo? A resposta é: Tenho de encontrar um game engine e depois importar para lá os cenários/objetos 3D. No nosso caso iremos trabalhar com o motor de jogos Unity 3D, mas antes ainda há trabalho a fazer com os cenários, como por exemplo, é preciso ainda adicionar texturas.

Para quem estiver interessado em criar os seus próprios cenários 3D, este é a ferramenta ideal para começar neste mundo, mas existem também outras ferramentas para este fim, mas claramente para quem já está noutro nível, por exemplo, aconselhamos o software da Autodesk, o 3D Studio Max, grátis para educação mas pago para profissionais da área.

CapturarCapturar3

Um dos exemplos que demonstra o poder de Sketchup é o seguinte, as imagens falam por si….

Para terminar deixamos AQUI o ficheiro original criado no programa Sketchup, assim desta forma poderão acompanhar as próximas publicações.

 

Licenciado em Educação e Comunicação Multimédia / Especialista em Engenharia de Segurança Informática, apaixonado por tudo o que é tecnológico e louco por videojogos.

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Scroll to top