Teste a ‘MAIZE’

Puzzles em primeira pessoa, com elementos de aventura gráfica, a funcionar na perfeição!

MAIZE é, segundo os seus criadores, “uma mistura de Monty Python com alguns dos episódios mais engraçados de Ficheiros Secretos”. É um jogo que mistura na perfeição um jogo de puzzles em primeira pessoa, como Portal, com uma aventura gráfica como Monkey Island. E estes elementos aparentemente antagónicos estão misturados na perfeição, levando-nos a sentir, ao mesmo tempo, que estamos perante um ambiente tenso de exploração do desconhecido que consegue, simultaneamente, ser cómico. De resto, o argumento de MAIZE não podia ser mais absurdo: dois cientistas criam milho consciente, andante e falante, após interpretarem mal uma carta do governo americano. A sorte é que um urso de peluche robótico da antiga União Soviética nos vai ajudar a explorar as instalações secretas do governo e, talvez, descobrir algo sobre que quer o milho.

O jogo tem algum humor, para além do absurdo do argumento, não o suficiente para nos arrancar gargalhadas mas bastante para nos fazer esboçar um sorriso. Os puzzles estão bem pensados, e são resolvidos como nas boas velhas aventuras gráficas: usando os itens que apanhamos com elementos do cenário obteremos mais itens que utilizaremos com mais elementos do cenário, até chegarmos a algum lado… Mas facilmente nos sentimos perdidos na exploração, e mais facilmente ainda ficamos encravados no jogo, como de resto acontecia num qualquer Monkey Island, pois é fácil passar por cima do elemento do cenário que temos de utilizar naquele instante, e damos por nós a correr para a frente e para trás, vezes sem conta, até encontrarmos o que queremos.

Graficamente, MAIZE enquadra-se naquilo que seria de esperar de um jogo de exploração em primeira pessoa: sem ser nada de visualmente estonteante, cumpre bastante bem, com alguns pormenores no cenário e efeitos de luzes competentes. A banda sonora também cumpre o seu papel, sem ser nada de extraordinário, tal como os efeitos de som e as vozes.

A longevidade de MAIZE é a que seria de esperar de uma aventura gráfica: dura bastante, até o completarmos, mas depois dificilmente lhe voltaremos a pegar. No entanto, o seu preço reduzido é um ponto a favor, visto que, no caso da versão testada, a de PS4, o jogo custa 19,99€, ou 14,99€ se forem subscritores do PS Plus, o que faz dele um bom investimento para os apreciadores do género.

Pedro Moreira é Reviewer no 8.5Bits | twitter @morenho27 | pedromoreira@8dot5bits.com

Pontos Positivos
  • Ambiente tenso e divertido ao mesmo tempo.
  • Puzzles originais e inteligentes.
  • Humor nonsense contínuo.
  • Preço atrativo.
Pontos Negativos
  • Sentimo-nos constantemente perdidos.
  • Quando o acabarmos, dificilmente voltamos a jogar.
8.1
Ótimo
Escrito Por
Jogador desde os tempos do Spectrum, aficionado a jogos de Luta, Condução e RPG. Estudou Línguas e Literaturas na Universidade Nova de Lisboa, e Línguas, Literaturas e Culturas na Universidade de Évora. É Professor de Português e Espanhol, e nos (poucos) tempos livres consegue, por vezes, ligar o PC.

Esta análise foi-te últil?

0 0

Deixa o teu Comentário

Recuperar a Password

Escreve o teu nome de utilizador ou e-mail. Vais receber um link para criares uma nova password na tua caixa de correio electrónico.

Registar

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.