Destaques Videojogos

Teste a ‘Renowned Explorers’

Pelas mãos do pequeno estúdio holandês Abbey Games chega a segunda expansão de Renowned Explorers, intitulada ‘The Emperor’s Challenge’. Para quem não conhece o jogo original, ‘Renowned Explorers: International Society’, estamos perante um jogo de estratégia por turnos, ambientado num século XIX com alguma base histórica, no qual teremos que explorar algumas das localizações mais remotas e icónicas do mundo, como as caraíbas ou o Egito, assim como outras bastante mais próximas de nós, como a Grécia ou a Escócia, sempre em busca de tesouros, conhecimento, fama e glória.

O jogo parece bastante confuso a início, mas o excelente tutorial que nos é apresentado de início serve perfeitamente para nos iniciar nas regras do jogo. Terminado o tutorial, avançamos para uma primeira área, ainda bastante curta e simples, mas que já nos permitirá testar tudo o que aprendemos. Finalmente, passaremos à ação propriamente dita. E é aí que começa efetivamente a exploração do mundo, a partir de um hub central que nos permitirá escolher o próximo objetivo, sendo que as missões são bastante diversas e há sempre um misto de localizações fixas e objetivos aleatórios, o que garante a longevidade do jogo, pois é um daqueles jogos que jogaremos mais de uma vez.

Para além de explorarmos os mapas, há inúmeras batalhas por turnos que farão lembrar os combates da série Fire Emblem da Nintendo, nos quais deslocamos as personagens e atacamos os adversários. No entanto, nem tudo se resolve na base da pancadaria em Renowned Explorers: podemos intimidar o adversário para este fugir, podemos ser verbalmente desagradáveis para o deprimir ou podemos até ser simpáticos para que gostem de nós e desistam de lutar. Claro que os oponentes fazem o mesmo… Numa situação que é um misto de caricata e cómica, fomos repetida e dolorosamente derrotados pelas simpáticas freiras de um convento, onde o temível boss, uma velhinha demasiado agradável, acabou uma e outra vez com as nossas pretensões de chegar ao tesouro final que terminaria aquele mapa.

Quanto ao departamento técnico, é bom ver que Renowned Explorers é um daqueles jogos que corre bem em qualquer PC. Claro que esta falta de exigência nos requisitos se paga com gráficos muito pouco elaborados e sonoplastia simples. No entanto, simples não deveria ser sinónimo de pobre, que é o que acontece neste caso: a música repete-se vezes sem conta, resultando numa cacofonia dificilmente tolerável, as “vozes” limitam-se à mesma meia dúzia de grunhidos e gemidos, vezes sem conta, assim como os efeitos sonoros, limitados e pouco convincentes. Quanto ao grafismo, todo desenhado em duas dimensões, assemelha-se muitas vezes a desenhos infantis elaborados no Paint.

Em suma, ‘Renowned Explorers’, em conjunto com as suas duas expansões, a primeira, ‘More To Explore’ e esta segunda, ‘The Emperor’s Challenge’ é um jogo divertido, variado e longo, mas com alguma pobreza na execução técnica. Poderá ser uma boa compra, tendo em conta o seu preço (19,90 € pelo jogo e 7,49€ cada expansão), especialmente se conseguirem adquiri-lo em alguma das frequentes promoções do Steam.

Pedro Moreira é Reviewer no 8.5Bits | twitter @morenho27 | pedromoreira@8dot5bits.com

Jogador desde os tempos do Spectrum, aficionado a jogos de Luta, Condução e RPG. Estudou Línguas e Literaturas na Universidade Nova de Lisboa, e Línguas, Literaturas e Culturas na Universidade de Évora. É Professor de Português e Espanhol, e nos (poucos) tempos livres consegue, por vezes, ligar o PC.

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Scroll to top