7.9
Bom
Videojogos

Teste a ‘Shaq Fu: A Legend Reborn’

Neste fantástico jogo, assumimos o papel de Shaquille O’Neal, o gigante ex-jogador da NBA, também famoso por calçar o tamanho 56. Sim, perceberam bem, o invulgar tamanho do seu pé faz com que um dos ataques especiais do jogo seja o “Shaq Kick”, ou seja, uma bota gigante cai em cima dos inimigos esmagando todos e tudo o que esteja no seu alcance.

Quando as celebridades decidem destruir o mundo, Shaq é chamado para nos salvar. Neste remake de SNES, com gráficos bastante simples e coloridos, podemos dizer que não precisamos de nenhuma “obra de arte” gráfica para ficarmos maravilhados, pois cumprem na totalidade o aspecto visual.

Shaq com as suas habilidades básicas de Kung Fu, consegue também executar fantásticos Finishing Moves em câmara lenta, e ainda vários truques especiais que o ajudam a fugir de situações mais complicadas.

Pelo caminho desta aventura que nos faz lembrar os clássicos Street of Rage e Double Dragon, Shaq pode usar armas improvisadas que encontra, tais como sinais de transito, barris, paus, bem como vestir fatos que lhe dão poderes especiais, como um exoesqueleto que lhe dá força extra, ou um cacto que lhe permite disparar picos.

Umas das coisas que mais gostei neste jogo, é que tirando os inimigos mais básicos, existem outros mais fortes em que cada um deles tem a sua táctica para ser vencido, e se não usarmos essa respectiva táctica não o conseguiremos vencer, para piorar as coisas, existem centenas deste inimigos que requerem táctica, por isso preparem-se para decorar.

Para além de inimigos básicos e outros ligeiramente mais fortes, é claro que também existem os famosos “Boss. Com tácticas geralmente fáceis alguns deles têm certas particularidades como no meio da batalha haver um concurso de dança do tipo Guitar Heroe, como podem ver no video acima.

No geral aconselho jogar a este fantástico jogo, especialmente aos amantes de jogos clássicos, que muito vão relembrar ao jogar Shaq Fu: A Legend Reborn.

7.9
Bom

Shaq Fu: A Legend Reborn

Um clássico de SNES voltou ao velho estilo de Street of Rage, que promete alegrar a miúdos e graúdos.

Pros

  • Acção ao mais alto nível
  • Efeitos sonoros fantásticos

Cons

  • Falta um modo sobrevivência
Desde novo ligado a tecnologia e videojogos.Gosta de jogos tipo FPS, RPG e Estratégia. Tem como Hobbies a familia, jogar PC e Xbox, tocar Guitarra.
Scroll to top