Destaques Videojogos

Teste a ‘Theseus’

Chega já no próximo dia 26 de julho um novo título para o PSVR, Theseus, do estúdio Forge Reply. Se não são muito conhecedores da mitologia grega, saibam que, segundo a lenda, Teseu foi o fundador da capital grega, Atenas, contando com inúmeros feitos sobre-humanos no seu portfólio, sendo o maior deles, possivelmente, a vitória sobre o Minotauro dentro do seu próprio labirinto.

Numa adaptação bastante livre da mitologia, acompanhamos Teseu em realidade virtual no seu caminho para encontrar a saída do labirinto guardado por um minotauro aqui representado como um monstro gigante e invencível. Somos guiados pela voz de Ariadne, que nos surpreende por ser em grego, o que contribui para a imersão num labirinto situado na Grécia antiga.

E Imersão é o que de melhor vamos ter neste videojogo: desde o trabalho vocal, ao grafismo muito bem conseguido, à banda sonora mesmo muito boa, que em todos os momentos servem para nos transmitir uma sensações de tensão, medo, claustrofobia. Desenganem-se os que pensam que estamos perante uma clone de God of War em realidade virtual: não controlamos um herói superpoderoso que mói de pancada todos os que com ele se cruzam, mas sim um mortal que deve saltar, agachar-se, resolver pequenos puzzles, enfrentar alguns inimigos, sempre evitando o confronto com a presença constante do Minotauro. ‘Theseus’ é mais um survival horror na Grécia antiga que um jogo de aventura, até mesmo porque a jogabilidade demasiado simplista, seja nas plataformas, nos puzzles ou nos combates, também nos fazem desejar que este jogo fosse mais parecido com God of War…

Só há um inimigo contra o qual lutamos, uma e outra vez, uma espécie de aranha gigante que abatemos facilmente, mas o combate é lento e só não chega a fartar porque o jogo em si é curto. ‘Theseus’ é um daqueles títulos que nos deixa um travo agridoce na boca: tem muitos elementos positivos, como já realçámos, o que o torna uma experiencia bastante agradável e recomendável… mas poderia ter sido muito mais que isto com algum investimento extra por parte da equipa de produção, que perdeu a oportunidade de criar um grande título para o PSVR.

Pedro Moreira é Reviewer no 8.5Bits | twitter @morenho27 | pedromoreira@8dot5bits.com

Jogador desde os tempos do Spectrum, aficionado a jogos de Luta, Condução e RPG. Estudou Línguas e Literaturas na Universidade Nova de Lisboa, e Línguas, Literaturas e Culturas na Universidade de Évora. É Professor de Português e Espanhol, e nos (poucos) tempos livres consegue, por vezes, ligar o PC.

Deixe uma resposta

Scroll to top