PlayStation® revelou um novo vídeo dos bastidores de produção de MediEvil, onde é possível ver parte do gameplay do jogo, que tem data de lançamento prevista para o próximo dia 25 de outubro. Neste vídeo, é ainda possível ouvir os testemunhos do Diretor Criativo, Mike Mika, e do Produtor Executivo, Jeff Nachbaur, da Other Ocean Interactive, o estúdio responsável pelo desenvolvimento deste exclusivo para a PlayStation®4.

No vídeo, também é possível ver vários elementos chave de MediEvil, como a grande variedade de armas que os jogadores poderão utilizar, as clássicas mecânicas de combate, a sua divertida aparência retro e o seu vasto conjunto de inimigos e de puzzles.

De acordo com o testemunho de Jeff Nachbaur, “os inimigos, em particular, foram um enorme desafio”, já que “há 56 tipos diferentes, o que, mesmo nos dias de hoje, é bastante”. “Nem os maiores jogos triple A têm esta variedade de inimigos”, comenta, a propósito.

Por outro lado, no vídeo é ainda possível ouvir Mike Mika falar sobre o processo de criação deste remake que, segundo o estúdio, não será uma cópia do jogo original. De acordo com o Diretor Criativo da Other Ocean Interactive, em vez de “recriar o jogo na perfeição”, o estúdio quer, com este remake, “recriar o que os jogadores se lembram do jogo e aquilo que tiraram dele”, admitindo que estão a falar com a equipa original e a tentar descobrir ao certo no que estavam a pensar e o que estavam a sentir na altura [da criação do jogo original], de forma a utilizar isso “como rampa de lançamento para a nova direção que queremos levar o jogo e para a apresentação, e a alma, e as mecânicas do jogo”.

Neste novo vídeo dos bastidores de produção, Mike Mika fala também de uma das coisas que se destacaram para ele no MediEvil e de que ainda hoje se lembra, que foi quando chegou ao nível do dispositivo do tempo, que é “um nível alucinado, que tem cérebros, comboios e peças de relógios” e que marca “uma mudança de ritmo bizarra no jogo, que parecia fazer parte dele e, ao mesmo tempo, parecia não fazer”. “Esse nível acabou por me abrir os olhos para esse tipo de design, em que podemos, de repente, escolher ir numa direção que ninguém espera e levar os jogadores por um caminho completamente diferente num jogo”, admitiu, acrescentando que esta foi, sem dúvida, a sua parte favorita do jogo.

Já para o Produtor Executivo o seu lugar favorito no jogo é “o salão dos heróis”, “porque é um lugar que faz alusão a um mundo maior”, que está em toda a parte e onde o Dan vive. “Podes senti-lo em todo o lado. Na forma como as personagens foram escritas, nas personalidades envolvidas. E há todo um charme que te faz querer passar tempo nesse mundo”, diz. “Acho que essa é uma das razões pelas quais durou 20 anos. A razão pela qual, ainda hoje, as pessoas são enormes fãs do jogo”, acrescenta.

Neste remake de MediEvil, um aclamado jogo de ação e aventura lançado, originalmente para a PlayStation® em 1998, os jogadores terão de agarrar a sua espada, envergar a armadura e conquistar o seu lugar como um verdadeiro herói morto-vivo.

Espadas, quebra-cabeças perigosos e ambientes encantadores ganham vida nesta recriação completa da aventura de ação original da PlayStation®. Aqui, os jogadores entrarão no esqueleto de Sir Daniel Fortesque, um cavaleiro inepto – e morto há muito tempo – ressuscitado acidentalmente pelo terrível feiticeiro Zarok, 100 anos após a sua embaraçosa morte.

Com o reino de Gallowmere sob a ameaça das hordas de demónios de Zarok, apenas o esqueleto de Sir Dan se atravessa no seu caminho. Chegou a segunda oportunidade para o aventureiro morto-vivo dentuça. Conseguirão os jogadores derrotar Zarok e conceder a Sir Dan a honra que perdeu na própria pele?

De lembrar que MediEvil, PEGI 7, chegará em exclusivo à PlayStation®4 no próximo dia 25 de outubro, em formato físico nos pontos de venda habituais, e em formato digital, na PlayStation®Store.

Título já está disponível para reserva, tanto nos pontos de venda habituais, como na PlayStation®Store.

(via Sony PlayStation)