Videojogos

Teste a ‘Boid’

Boid é um jogo de estratégia em tempo real do estúdio independente Mokus Games. Está disponível para o Steam desde dia 8 de julho, e o seu modo multijogador é completamente gratuito. Por 9,99€ podem adquirir um DLC que consiste, nada mais nada menos, na campanha de um só jogador. A história da campanha de Boid é cliché, mas serve para contextualizar o jogo: a humanidade começou a colonizar o espaço, até que encontra formas de vida alienígenas hostis. O jogador é designado para as combater, controlando desde a sua nave a evolução de microrganismos que irão combater para impor o seu ADN naquele planeta.Dependendo dos níveis, estamos perante um misto de RTS e Tower Defense, pois muitas vezes temos simplesmente que defender os pontos onde nascem as nossas unidades para depois derrubar os adversários.

 

[youtube id=”0CcZ2vTLNbY” parameters=”https://www.youtube.com/watch?v=0CcZ2vTLNbY&feature=youtu.be”]

Não há gestão de recursos nem construção de bases, como nos RTS típicos, apenas a criação e o controlo do posicionamento das nossas unidades. As unidades, como se explica no tutorial, anulam-se umas às outras, o que garante o balanço entre as mesmas e a necessidade de criar exércitos variados. Em alguns níveis há também constrangimentos de tempo, pelo que a tática de aguardar até ter um exército imbatível nem sempre funciona.

[youtube id=”x5ToElJknbg” parameters=”https://www.youtube.com/watch?v=x5ToElJknbg&feature=youtu.be”]

Graficamente, Boid peca por ser pouco variado. É certo que estamos perante um título indie, mas há pouca variação nos fundos e nas cores usadas, o que poderia facilmente ser corrigido e dar outro apelo visual ao jogo. A banda sonora e os efeitos de som sofrem do mesmo mal: estão bem feitos, mas o leque disponível é fraco. De qualquer forma, sendo grátis para jogar, pelo menos o seu modo multijogador, não vão perder nada em experimentar Boid.

Pedro Moreira é Reviewer no 8.5Bits | twitter @morenho27 | pedromoreira@8dot5bits.com

Jogador desde os tempos do Spectrum, aficionado a jogos de Luta, Condução e RPG. Estudou Línguas e Literaturas na Universidade Nova de Lisboa, e Línguas, Literaturas e Culturas na Universidade de Évora. É Professor de Português e Espanhol, e nos (poucos) tempos livres consegue, por vezes, ligar o PC.
Scroll to top