5.9
OK
Videojogos

Teste a ‘Squishies’

Squishies é um jogo de puzzles, ao estilo de Marble Madness, mas em versão Realidade Virtual, e estará disponível para PSVR no próximo dia 20 de novembro. É um jogo que pretende preencher esta lacuna no catálogo do PSVR, e aposta não só na Realidade Virtual, como nos controlos de movimentos PS Move para providenciar uma experiencia de jogo diferente. Este requisito, que se vai tornando comum nos jogos em Realidade Virtual, pode ser impeditivo para os que não adquiriram ou pretendem adquirir dois comandos PS Move. No entanto, temos que concordar que, não só em Squishies, mas em quase todos os jogos que testámos e permitiam este tipo de controlo, a experiência foi bastante agradável.

Em Squishies, usamos os comandos para empurrar ou puxar umas simpáticas criaturas redondas pelo cenário, com o objetivo de as levar até à meta. Se, a princípio, os cenários são rápidos e fáceis de superar, à medida que avançamos as fases vão-se tornando progressivamente maiores e mais complexas, requerendo não apenas um bom posicionamento e uma estratégia bem pensada, mas também alguma habilidade com os movimentos. Neste aspeto, Squishies aproxima-se mais de um jogo de plataformas que de um jogo de puzzles, um pouco ao estilo de Astro Bot ou Moss, também para PSVR. O número e extensão dos níveis é algo de apreciar, pois totalizam cem, divididos por cinco mundos diferentes, o que assegura uma série de horas de diversão.

Squishies tem ainda um pouco de Minecraft, pois o seu poderoso editor de níveis permite-nos criar novas fases e usar a nossa criatividade para construir novos desafios. Este editor, adicionado ao já generoso reportório de níveis que compõem a campanha, faz com que Squishies não se esgote rapidamente. Cada nível é diferente, tem desafios diferentes, e se o jogo poderia, a princípio, parecer um pouco repetitivo, as diferentes abordagens que devemos ter para superar cada obstáculo fazem com que não seja entediante.

Infelizmente, é nos aspetos técnicos que Squishies falha. O grafismo não é completamente mau, pois algumas partes dos cenários são bastante detalhadas, mas contrastam com algumas texturas que parecem saídas de Minecraft, de tão pobres que são. Esta incoerência faz-nos perder um pouco a noção de imersão, pois o jogo apresenta-nos constantemente, num mesmo ecrã, realidades antagónicas, o detalhe e a falta dele. Os efeitos sonoros são, para usar um termo simpático, discretos, demasiado discretos, ao ponto de chegarmos a passar níveis completos sem ouvir mais que a música. E a música, falando dela, não é melhor que o resto: limitada, repetitiva, roçando cacofonia depois de alguns minutos a ouvir a mesma coisa.

Pela positiva, Squishies não é um jogo caro (24,99€, 19,99€ de tiverem PS Plus), mas também não é dos mais baratos que vimos. Assegura algumas horas de diversão, é certo, mas não será uma daquelas experiências inesquecíveis e marcantes em VR, nem tão pouco um jogo muito viciante, ou ainda um dos títulos obrigatórios em qualquer coleção: é um jogo simpático, bom para quem gosta de puzzles, plataformas, ou mesmo de fazer construções, mas só isso, um jogo simpático.

Pedro Moreira é Reviewer no 8.5Bits | twitter @morenho27 | pedromoreira@8dot5bits.com

5.9
OK

Squishies

Squishies mistura um pouco de jogo de plataformas, de puzzles, e mesmo de Minecraft, com o seu editor de níveis, mas não brilha em nenhum desses componentes: é algo limitado e não tem o carisma necessário para fazer dele um grande jogo. Não é mau, mas não é brilhante.

Pros

  • É bastante grande.
  • Controlos com o PS Move tornam a jogabilidade interessante.
  • O editor de níveis é prometedor.

Cons

  • Falta-lhe algum carisma.
  • A música é repetitiva.
  • O grafismo poderia ser melhor.
Jogador desde os tempos do Spectrum, aficionado a jogos de Luta, Condução e RPG. Estudou Línguas e Literaturas na Universidade Nova de Lisboa, e Línguas, Literaturas e Culturas na Universidade de Évora. É Professor de Português e Espanhol, e nos (poucos) tempos livres consegue, por vezes, ligar o PC.
Scroll to top